Profetas são fachos no meio das trevas do... | Sal da Terra Luz do Mundo

Facebook Twitter


2015-09-24


Profetas são fachos no meio das trevas do mundo


Ana Lúcia Vasconcelos


 Profetas são fachos  no meio das trevas do mundo

 

Capítulo 23- 2o. volume

 

      No prefácio do segundo volume, Fernand Aleman, que justamente aborda o tema: As Revelações Privadas- História e Processo, inicia citando palavras de Jesus à mística italiana Maria Valtora (1897-1961) que, durante a II Guerra Mundial, escreveu a obra O Evangelho como Me Foi Revelado, onde Jesus conta sua vida: “Àqueles que dizem que os profetas são inúteis, eu respondo: ‘E quem poderá impor limites ao Senhor Altíssimo?’ Em verdade em Verdade vos digo, que haverá sempre profetas até que haja homens. São os fachos, no meio das trevas do mundo. São as vozes que lembram Deus e as Suas Verdades, caídas no esquecimento e descuradas no tempo e que levam ao homem a Voz direta de Deus, provocando frêmitos de emoção nos desmemoriados, nos apáticos filhos dos homens”.

    Terão nomes diversos, mas igual missão e uma idêntica dor e glória sobre humana. Ai de vós se não existissem estas mentes, que o mundo odiará e que Deus amará ao máximo! Ai de vós se eles não existissem, para sofrer e perdoar, amar e trabalhar, na obediência ao Senhor! O mundo pereceria no meio das trevas, do frio, da tibieza moral, apatetado pela ignorância selvagem que embrutece. E por tais razões Deus os suscitará e eles sempre existirão. E quem poderá impor a Deus que não o faça?

     Eu falarei sempre, a fim de que o mundo não se torne completamente idólatra. E falarei àqueles que Eu Mesmo escolhi para vos repetir as Minhas Palavras. O Espírito de Deus falará e eles compreenderão aquilo que os próprios sábios não saberão compreender. Com efeito, os sábios estudarão as palavras, a frase, o modo, o lugar, o como, o instrumento que Eu escolhi. Não se perderão em estudos inúteis, mas ouvirão perdidos no Amor, e compreenderão, porque será o Amor que falará neles. Distinguirão as páginas floreadas dos sábios ou as páginas mentirosas dos falsos profetas, dos Rabis da hipocrisia que ensinam doutrinas depravadas, ou ensinam aquilo que não praticam; saberão distinguir pelas Palavras simples, verdadeiras, que vierem de Mim. Mas o mundo os odiará por esse motivo, porque o mundo Me odeia a Mim, odeia a Minha Luz e odeia os filhos da Luz: esse mundo tenebroso ama as trevas, propícias para o seu pecado ”.

(O Poema do Homem Deus, volume VII, pág. 457 na edição francesa de O Evangelho como Me foi Revelado).

 

 

Vozes que falam

 ao coração

 

  Na sequência Aleman pergunta o que são na verdade essas mensagens do céu? E ele mesmo responde: são vozes que falam interiormente, bem distintas dos pensamentos pessoais, tais como as vozes ouvidas por Santa Joana D’Arc, como a voz da Santíssima Virgem Maria, ouvida por Santa Bernardette em Lourdes, enquanto os presentes, ao seu redor, não ouviam, nem viam nada. São vozes, como a Voz do Sagrado Coração de Jesus que falava à humilde Irmã de Paray-le-Monial (França), Santa Margarida Maria de Alacoque.

   “Estas mensagens, estas vozes que falam ao coração, são definidas pela teologia como LOCUÇÕES do Bom Deus ou de um Personagem do Céu. São reconhecidas, sem dúvida alguma, por aquele ou aquela que delas se beneficia, como nós reconhecemos perfeitamente a voz de uma pessoa que nos fala ao telefone. A Igreja admite bem a possibilidade de tal fenômeno que tem se manifestado de um modo espetacular MILHARES de vezes, no decurso de vinte séculos, desde que Jesus no caminho de Damasco Se fez ouvir: ‘ Saulo, Saulo, por que Me persegues? ’ e Saulo passa a ser Paulo, o Apóstolo dos gentios (os pagãos), hebreu, mas cidadão romano, o único do Colégio Apostólico.”

   Ele continua afirmando que a possibilidade real de tais mensagens está bem estabelecida: integram-se nos CARISMAS E PROFECIAS que se manifestam na Igreja, quer os portadores de tais mensagens sejam membros do clero, quer sejam leigos. Os carismas (dons) foram recordados de um modo bastante claro no Concílio Vaticano II. E ainda que Bíblia signifique Revelação Pública, e que profeta queira dizer porta voz de Deus e que o Antigo Testamento esteja cheio de profetas reconhecidos como VERDADEIROS pelas Igrejas cristãs de todas as profissões, pela religião hebraica e alguns, até pela religião muçulmana.

    Mas apesar disso para o catolicismo, os últimos profetas reconhecidos como porta vozes de Deus são os quatro evangelistas que escreveram o texto evangélico DEPOIS da Morte, Ressurreição e Ascensão de Nosso Senhor e os Apóstolos que escreveram os outros textos do Novo Testamento, o ultimo dos quais é São João, que escreveu o Livro do Apocalipse, que inicia justamente com as palavras: Revelação de Jesus Cristo.

   E para provar, Fernand Aleman recorda que toda a Bíblia (que significa Coleção de Livros) é Revelação de Deus feita à humanidade, fato, aliás, reconhecido pela Igreja em 1546, no Concílio de Trento, como Dogma de Fé, ou seja, uma verdade de fé obrigatória. E o que isso quer dizer na prática? Que todos os fatos, os milagres relatados na Bíblia, TODAS as Palavras de Deus, do Livro do Gênesis até a última página do Apocalipse, são de Fé Obrigatória e não admitem nem dúvida, nem contestação.

    E para nos fazer entender bem o caráter intangível da Bíblia, na última página do Apocalipse, o livro que encerra a Sagrada Escritura, Jesus dita a São João: “Eu declaro a todos os que ouvem as palavras da profecia deste livro: ‘ Se alguém lhe acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele os flagelos descritos neste livro! E se alguém tirar alguma coisa do livro desta profecia, Deus tirar-lhe-á a sua parte da Árvore da Vida e da Cidade Santa, descritas neste livro. O que dá testemunho destas coisas diz: “Sim, eu venho em breve!”Amém. Vem Senhor Jesus!” (AP 22,18-20).

 

A dor é um sacerdócio

aberto a todos

 

    E Fernand Aleman termina sua apresentação sobre revelações privadas lembrando que as almas eleitas, como os sacerdotes, tem necessidade de todas as orações possíveis por parte daqueles que os amam, porque o demônio consome-se por vê-los cair. Ele mesmo diz que mendiga orações a todos que pode, já que quem se dedica a divulgar as mensagens, como quem as recebe, são vítimas de grande dor e sofrimento. Aliás, ele, citando ainda a obra maravilhosa de Maria Valtorta, nos diz como Jesus explica a seu apóstolo Pedro o sentido da dor: “A DOR é como um SACERDÓCIO. Um sacerdócio aberto a todos. Um sacerdócio que dá um grande poder sobre o coração de Deus. E um GRANDE mérito...”.

  “Sofrimento e alegria celeste”, diz Aleman, “sofrimento e confiança, sofrimento e esperança, sofrimento e expectativa, e sofrimento oferecido, tal é a parte das almas eleitas: não caminham por uma estrada coberta de flores e satisfações, caminham de pés descalços, por sobre toda a espécie de entulho cortante”. E termina sua apresentação citando outro trecho das revelações de Jesus à mística italiana Maria Valtorta, do volume IX da edição francesa.

  “EU SOU a Palavra. Durante séculos falei através de lábios humanos e ainda por séculos FALAREI através de lábios humanos. Mas tudo quanto se diz de sobrenatural é Palavra Minha. O homem não poderia, do mais douto ao mais sábio, elevar-se com alma de águia, para além dos limites do mundo cego, para compreender e narrar os Mistérios Eternos. O futuro só é presente no Pensamento Divino. É loucura, por parte de quem não é elevado por Nossa vontade, pretender fazer profecias e revelações. E Deus desmente-o e castiga-o, porque SÓ UM pode dizer “Eu Sou”, e dizer “Eu vejo”, e dizer “Eu sou capaz”.

   Mas quando uma Vontade que não pode ser medida, que não pode julgar que precisa de se aceitar, inclinando a cabeça e dizendo: “Eis-me aqui”, sem discutir, diz: “Vem, sobe, escuta, vê, repete”, então, mergulhada no Eterno Presente do seu Deus, a Alma chamada pelo Senhor a ser “voz’, vê e treme, vê e chora, vê e rejubila então a Alma, chamada pelo Senhor a ser “palavra”, escuta e, chegando ao êxtase, ou a um suor de agonia, repete as Palavras temíveis do Deus Eterno. Porque cada Palavra de Deus é temível, na medida em que provém d’Aquele cujo veredicto é imutável e cuja Justiça é inexorável e dirigida aos homens, poucos dos quais merecem o Amor e Bênçãos e não raios e condenações.”

 

Entendendo o tempo

 em que vivemos

 

   Voltando ao livro Testemunhas da Cruz, vejamos a mensagem de 15 de julho de 1992, segundo volume, páginas 53 a 58, intitulada Vigiai e Rezai Porque Eu Venho Como Um Ladrão, quando Jesus diz que nos quer ajudar a compreender o tempo em que vivemos, tempo onde vigora a lei do pecado, da transgressão, da negação de Deus pelos homens.

   JESUS: NUNCA ofendais a Deus, que Ele vos ama. O Meu amor pede reparação por todas as faltas de amor. Deus pede-vos a TODOS o Sacramento da Penitencia: Eu entro nos vossos corações, dirige-vos em tudo o que deveis cumprir de bom, tanto para vós como para os outros.

   O Meu Sagrado Coração transborda de Misericórdia; quero ajudar-vos a melhor compreender o Vosso tempo em que viveis. Este Tempo é do pecado: ele rompe a abóbada dos Céus. Mas onde quer que o pecado Abunda, Superabunda a Minha Graça.

  Vigiai e rezai, pois não sabeis nem o dia, nem a Hora que Deus escolheu para voltar a vir a este mundo, que nada mais tem à esperar do próprio homem. As páginas desse grande livro que é o Tempo viram-se com facilidade e tudo passa inexoravelmente, sem se deter... Vigiai e rezai porque eu venho como um Ladrão. E, no entanto não posso deixar-vos sem SINAIS precursores. Previno-vos daquilo que vos arriscais e do que é preciso fazer contra esse Mal que se instala, cada vez mais VIGOROSO, nessa confiante tranqüilidade e única confiança que tendes no homem.

   O mundo tem ouvido muito bem o Apelo de Minha Santa Mãe, que está aparecendo em todas as partes da Terra. Este Mundo está estudando o Sobrenatural, e deformando toda a intervenção divina. Uma Mãe que chama os seus filhos em perigo é interpretada como um fenômeno científico. Chegastes a este ponto! Eu faço-vos esta Pergunta: Por que razão iria Vossa Mãezinha consentir em vir a esta vossa Terra? Não compreendeis que o invisível vos fala agora com mais força que NUNCA, porque estais mais que nunca em perigo de morte! SIM, de morte eterna.

    Se for verdade que alguns correspondem ao Seu Apelo, certo é também que outros arrefecem bem depressa e o número dos curiosos ultrapassa o número dos verdadeiros filhos de Jesus e de Maria. Minha mãe vos dá TODOS os meios de vos salvar e salvar todos os vossos Irmãos de salvar essa vossa Terra:

 “Regressai a Deus. Convertei-vos. Rezai. Jejuai. Fazei Penitência. Perdoai-vos uns aos outros. Perdoai aos que vos ofenderam. E, sobretudo AMAI, amai-vos uns aos outros como Deus vos ama.”

   Deus NÃO PODE REGRESSAR aos vossos corações: estão amargurados e vazios de amor. Purificai os vossos corações. Eu, vosso Deus de Misericórdia, obedeço ao Nosso Pai do Céu, desço até vós, tomo a Minha forma humana para vos falar. Venho anunciar-vos a Minha próxima Vinda à Terra e peço-vos um Ato de Fé, um Ato de Amor, um sinal da vossa Confiança em Mim.

   “Fazei erguer a minha Santa Cruz, Sinal da Minha Ressurreição, com altura do Monte em que tudo se consumou: um Deus que morre por vosso amor, um Deus que vos salva da terrível maldição que pesava sobre toda a Humanidade.”

  E o que me respondeis? “Vós não sois o Filho de Deus!... Não é JESUS! Isto é pedir demasiado!...”.

  E eis-me de novo nas mãos dos escribas e dos fariseus: “Atreves-te a blasfemar! Uma Cruz de 738 metros para salvar o Mundo de hoje que rejeita Deus. É demais!...” Aqui o editor anota tratar-se, como já foi dito, da Cruz Gloriosa que Cristo, pediu através de Madalena, que a Igreja erguesse em DOZULÉ , em 1974, e sua altura: 738 metros correspondem à altura do Monte Calvário, em Jerusalém.

 

Se a Igreja não erguer a Cruz

Ele mesmo o fará, mas será tarde...

 

  Mas a mensagem continua. Jesus: E viram o seu olhar para os céus à espera que os Céus se entreabram para ver aparecer JESUS, a descer POR UM PEQUENO NÚMERO!...É ASSIM que vós Me vedes? Homens de pouca Fé! E irei eu deixar morrer os que resgatei por um tão alto preço? Porque eles mesmos se tresmalharam?

    EU VIREI UMA VEZ MAIS PROCURÁ-LOS

  Voltarei para reuni-los aos pés da Minha Santa Cruz que eu vos peço Me façais erguer. E SE VÓS NÃO O FIZERDES

        Fa-lo-ei Eu Mesmo e será demasiado tarde.

   E POUCOS serão salvos. Julgar-vos-ei então no NÚMERO dos que voltarão a MIM; fecharei ainda mais os vossos ouvidos à Minha Verdade, a afim de que não mais Me possais ouvir: fechar-vos-ei os olhos a fim de que esqueçais a Minha própria Imagem. Não mais lhes será necessário ouvir ou ver AQUILO que esperam sem verdadeira Esperança no coração, a todos aqueles a quem Eu mesmo dirigi a Minha Mensagem, a todos quantos a esconderam ou rejeitaram. ”

Mais uma vez o editor explica que “a temível ameaça que parece, a priori, incompatível com a INFINITA Misericórdia divina, aqui se dirige as pessoas da Igreja encarregadas desde o inicio, de fazer erguer a Cruz Gloriosa que teria salvado toda a humanidade, segundo a promessa do Senhor. Esta elevação está subordinada ao reconhecimento por parte do bispo do lugar, da realidade ou autenticidade das aparições de Cristo em Dozulé, mediante a análise teológica da Mensagem de Dozulé dada à Igreja e ao Mundo.”.

  “Ameaça temível num primeiro momento, mas a partir do axioma de que Deus conhece o futuro nos menores detalhes, verdade é que ela se dirige aqui, àqueles que se mantiverem, até o SEU fim, na sua rejeição. Veja-se o Apocalipse 22, 11: ‘Aquele que é injusto continue a ser injusto e aquele que é impuro continue a ser impuro... ’.”

 

  Jesus continua: Mostra-me-ei uma vez mais aos PEQUENOS, àqueles que não têm necessidade de cálculos, nem de livros, para COMPREENDER Deus. Falar-lhes-ei ao coração. Eu Mesmo lhes abrirei os ouvidos e os olhos da Alma: sim só eles Me conhecem de Verdade, no silencio do seu coração, que jamais se separou do Meu.

   Filhinhos de coração puro, vivei felizes: Deus vem depressa, porque a Sua Palavra é Verdade e Ele Mesmo vo-lo prometeu. Eu voltei a dizer-vos em Dozulé: “E eis que eu venho. Amém. VEM, Senhor Jesus!”

 

 

Ele fala e o coração

fiel, responde

 

 

   Segundo o editor, estas duas linhas, como, aliás, sabemos, “são o último versículo do Apocalipse e por consequencia de toda a Bíblia Sagrada.” Ele explica que em primeiro lugar foi a promessa que “ Jesus inscreveu no coração de CADA homem- É Ele que fala. Em segundo lugar , é o coração fiel e cheio de esperança que responde.”

  “A oração tem apenas uma APARENCIA de monólogo: Deus responde com os FATOS à toda a oração ou com Palavras, como a J.N.S.R. e a tantos outros nesta nossa época bem crucial. Ou então, quando nos esforçamos por ouví-lo no silencio, através de inspiração direta, e por vezes por MURMÚRIOS:  ‘ Eu falarei ao seu coração’, diz Jesus, murmúrios que acabarão por se tornar cada vez mais distintos.”

  Continuando a mensagem diz Jesus: Na sua grande Bondade, Deus transmite a Sua Mensagem, ÚLTIMA E DEFINITIVA para o Mundo INTEIRO. A sua Mensagem é PRISIONEIRA. Libertai-a, filhos da Minha Santa Cruz. GRITAI-A nos telhados.  Aos pés da Cruz Gloriosa do Ressuscitado, VINDE arrepender-se, nessa Montanha bendita e sagrada. REZAI, REZAI mais FORTEMENTE: JESUS e MARIA estão lá. Filhos de todos os Países ponham- vos a caminho da Fonte de todo o Bem.

     

O Eterno renova todos os Espíritos.

A Sua Misericórdia é Infinita

Glória a Deus, no Mais Alto dos Céus,

 Paz e Alegria sobre a Terra

aos homens que Ele ama

aos Homens que O amam

Amem. VINDE, Senhor JESUS.

 

 

 

 

 

Para saber mais:

 

 

http://www.endtimes.qc.ca/

 

 

http://www.edicoesboanova.com/site/php/livros.php

 

 

http://cruzdedozule.com.br/sobre.html

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


postado em Revelações

Veja outros textos do Autor

O Fim dos Tempos ou o Tempo do Fim Ou ainda o Tempo da Ira

As Últimas Revelações Jesus e Maria para a humanidade

Nos domínios da mística

Igreja não revela a tempo os segredos de Fátima

O Terceiro segredo de Fátima

La Salette anuncia Fátima

As aparições de Medjugorje confirmam Fátima

A Virgem aparece em Medjugorje

Os Segredos revelados em Medjugorje

Aparições revelam mundo invisível

Capitulo 10 - Revelações do século XX

As primeiras dez aparições de Jesus à Madalena Aumont em Dozulé, na França

Jesus revela o plano de Deus para o mundo

Ele anuncia nova evangelização e pede a construção da cruz

Jesus fala da água da purificação

Jesus confia à Madalena a missão de evangelizar pela mensagem

Do coração de Jesus saem raios vermelhos e brancos

Quadragésima Primeira Aparição

Discernindo as aparições de Dozulé

Testemunhas da Cruz confirmam as aparições a Madalena Aumont

O Meu Coração vos fala em todo o mundo

ERRO