| Sal da Terra Luz do Mundo

Facebook Twitter


2016-12-15


O Fim dos Tempos ou o Tempo do Fim Ou ainda o Tempo da Ira


Ana Lúcia Vasconcelos


O Fim dos Tempos ou o Tempo do Fim Ou ainda o Tempo da Ira

Sebastiano Ricci (1695) atualmente no Detroit Institute of Arts

Capitulo 24- vol.  

 

O Fim dos Tempos ou o Tempo do Fim

Ou ainda o Tempo da Ira

 

 

    Quem prefacia o terceiro volume de Testemunhas da Cruz é o padre Christian Curty, O.F.M. e ele logo no inicio pergunta que é este Fim dos Tempos evocado por tantas mensagens celestes. E ele mesmo responde dizendo que de forma escatológica elas têm origem nas Sagradas Escrituras e mais particularmente na profecia de Daniel, que anuncia o Tempo do Fim ou o Tempo da Ira, o que irá acontecer no fim dos Dias (Dan. 8,17-19) tema retomado de forma orquestral pelo Livro da Revelação (o Apocalipse que nos descreve “as coisas que brevemente devem acontecer” (Ap 1,1). Ver pág 11).Fala dosTempos Paradisíacos, O Tempo Patriarcal, O Tempo da Revelação, O Tempo das Nações, O Tempo do Grande Silencio, Os Tempos Messiânicos, De que regresso se fala e o Tempo da tribulação, A Escuridão dos Tempos, O tempo do grande silencio, Duas datas...E uma terceira e o O Tempo devolvido a Maria.

 

Jesus falou outrora aos profetas

Hoje, Ele fala aos corações puros

 

     Na mensagem de 9 de setembro de 1993,  volume III, págs 43 a 47, J.N.S.R. conversa com Jesus  dizendo que Ele não revelou tudo ao profeta Daniel , já que disse: “Vai Daniel, estas palavras são fechadas e seladas até o fim dos tempos.”  Ela pergunta se Ele vai revelar logo estas palavras.

     JESUS: Eu, o Senhor,  falo ao Mundo porque Sou a Palavra de Vida. Ninguém pode contestar o que Eu escrevo pela mão do profeta. Falei a Daniel e tudo foi dito para os homens do seu tempo, até o tempo em que Eu mesmo revelarei o que deve ser conhecido pelo vosso Tempo.

   Lembra a J.N.S.R. que os homens escutaram as suas profecias, alguns as olhando como boas e seguindo as suas leis e mandamentos, enquanto outros as ignoravam e desobedeciam-nas sendo que a “sua separação passava a ser a sua própria pena”. Da mesma forma, hoje Ele dita, como outrora, Seus Mandamentos e Sua Lei, e nós nem sempre correspondemos ao Seu Apelo. “Instruo-vos com a Minha Mesma Linguagem, porque Deus fala a todos com a Sua Palavra de Vida. Uns escutam-nas, outros se riem dela e o mundo, entretanto caminha para o seu fim. O homem afastou-se da Lei de Deus”.

    JESUS: Escuta o que te digo; é para todos. Se Deus falou outrora pelos seus profetas, hoje Deus fala aos corações puros. Não vos esqueçais de que sabereis o que é necessário em determinado tempo. Aceita o que Deus te dá como um Dom Real que não tem preço, porque Deus dá o Dom de Sua Vida em abundância. Eu vos instruirei como criancinhas que tem necessidade do melhor dos alimentos. Não tenhas medo de dá-lo aos outros como eu próprio te dou a ti.”

     Ele continua dizendo que o alimento vai sendo distribuído à medida da nossa necessidade e como as crianças de mama, que despertam para a Verdade de Deus são ainda fracas para engolir esse alimento tão perfeito e completo, com a Sua Santa Vontade, Ele depositará em nós as Suas Riquezas, os Sete Dons do Espírito Santo para nos guiar e ajudar.

    JESUS: Ides avançar nessa grande descoberta, como Exploradores prudentes. Por isso eu próprio orientarei as vossas forças e o vosso espírito, a fim de empreenderdes Comigo, e todos juntos, a grande caminhada para a total libertação do Mal.

   ESCREVE: o que segue será importantíssimo, em ordem ao que prometo a cada um; uns receberão, além do mais, com a Minha Palavra, um estímulo de Amor, que os levará a avançar mais depressa para Mim que devo instruí-los. Sereis instruídos uns após outros, uns pelos outros, docemente, a afim de não dispersar o Rebanho, que aguardará a hora da grande Reunião, o Grande Ajuntamento.

   Virão de toda parte: no Meu Sagrado Coração, vós estais já reunidos. Mas na verdade a hora ainda não soou: e o despertar vai ser brutalíssimo, para alguns que irão ainda hesitar em Me seguir; vão hesitar até o fim. Quando Deus chama o Seu Apelo assemelha-se ao som da trombeta, desperta todo o que dorme, e o Homem não mais pode hesitar, desperta inteiramente, o seu espírito entra em atividade, o seu corpo move-se, tudo nele está em marcha e todos os homens avançarão com a mesma esperança, porque Deus é nossa Esperança.

   Construirei com todos vós esse Mundo prometido, em que não mais haverá noite, em que o medo e o ódio terão desaparecido para sempre. Avança, escuta, uma vez que o desejas: abrirei DE PAR EM PAR a porta do Meu Sagrado Coração Àqueles que ainda duvidam, dando a Minha Luz, a fim de que não mais sejam cegos pelo Mal; sentirão a Minha Paz neles.

 

Fim dos tempos do pecado

Tempo do Emanuel, o Reino de Deus na Terra

 

    SIM aí tendes a Minha resposta às tuas perguntas: Reunirei os que lutaram contra Mim, com aqueles que sempre Me amaram. Esta Grande Reunião será a do Fim dos Tempos (aqui o editor anota que fim dos tempos não significa fim da humanidade, mas o fim dos tempos do pecado, e de Satanás, o príncipe deste mundo... Por outro lado, ele diz o Tempo da promessa é o de Deus conosco, o Tempo do Emanuel, o Reino de Deus NA TERRA e, por conseguinte, o Reino com súditos e sua descendência a que Jesus vai se referir na seqüência da mensagem) em que se agruparão entre si.

     “Contidas na Minha Mão, eu mesmo as terei reunidas e unidas para sempre. Todos os Homens da Terra permanecerão diante de Deus, chegados de seus países de origem ou de adoção. É o Meu Julgamento: eu os olharei e eles sentirão vergonha e desprezo deles mesmos por terem querido afastar-se de Mim, todos me reconhecerão como seu Deus Único. Único Senhor da Vida. Único Senhor de todo o Universo.

 E, neste grande Respeito, eles mesmos Me descobrirão também como Aquele que os manteve em vida até esse dia, para que o amor triunfe para sempre, a afim de que eles vejam, a fim de eles ouçam a afim de que louvem o seu Senhor, e o seu Deus para sempre, pelos séculos dos séculos. Amém. Então estabelecerei a Minha Promessa neles e na sua descendência, eles serão o Meu povo e eu serei o Seu Rei; os filhos da Promessa verão o Sol da Justiça, triunfar do Mal que o próprio Deus consolará e embalará no Seu Sagrado Coração; eles próprios Me chamarão “Pai” e Eu lhes direi: “Filhos”. Escuta: depois desse Dia, os Céus e a Terra viverão em perfeita harmonia. Eu darei a Terra a sua Coroa de Glória, uma vez que ela mesma se terá tornado a Terra Bendita de Meus Amados, a Terra de Minha Consolação, ela que foi a Minha tristeza e a Minha pena Eu Mesmo a unirei à Minha Eternidade de Glória. Viverei convosco, como estarei também Presente com os que já estão vivos pela Minha Santa Graça, na Minha Morada Eterna, em que tudo está unido a Deus por toda a eternidade.

   JESUS provou-vos a Sua Santa Ressurreição, em que Ele subia para o Pai, para vos unir a Ele e vos preparar um lugar, enviou-vos o Espírito Santo e deste modo, tendes Deus em vós para sempre. Os Céus e a Terra em breve serão um só e o mesmo Reino em Deus, reunidos em Deus. O tempo que te descrevo é a Esperança para todos os Filhos de Deus que escolhem livremente, de todo o seu coração, viver a Vida em Deus para sempre...

E eis que Eu venho

Amém, Vem Senhor JESUS

 

 

Pausa para um

testemunho pessoal

 

     Aqui, vou fazer uma pausa nas mensagens de Jesus à J.N.S.R., para dar o meu testemunho, que afinal confirma as mensagens que estou citando para fazer esta síntese. Para começar quero contar como escolho as mensagens que são muitas: uma média de 55 a 60 por volume, e como já disse são sete volumes, e evidentemente não posso falar de todas. Justamente porque o objetivo deste meu livro que sintetiza as tres grandes revelações dos últimos tempos, dadas por Jesus, Deus Pai, o Espírito Santo, Maria Santíssima, São Miguel e outros santos a tres videntes: Madalena Aumont, J.N.S.R. e Vassula Ryden, como, aliás, já disse no inicio, é dar uma amostra ao leitor dessas obras para que ele, estimulado e tocado, vá ler todos os volumes na integra.

    De início, fiquei um pouco desesperada, o que escolher, quais, se todas são importantes?  Mas, como de costume, resolvi rezar e deixar esta empreitada nas mãos de Deus: o Espírito Santo como sempre, me inspiraria a escolher aquelas mais contundentes. Acontece que comecei a escrever este capítulo sobre as mensagens dadas à J.N.S.R. em dezembro de 2002, e por causa do Natal, festas, fim de ano, visitas, e outras coisas mais, em fevereiro de 2003, ainda não havia terminado, sendo que eu mesma me havia dado um prazo para terminar o livro: final de janeiro de 2003.

   Ocorre que o homem põe e Deus dispõe e assim foi que de meados de outubro de 2002, a meados de dezembro de 2002, sofri grandes tribulações, com a volta de crises de hipertensão por problemas emocionais e familiares, e muita tentação e muita falta de vontade de escrever, etc. como, aliás, todos que trabalham na causa de Deus sofrem. São atentados do inimigo de Deus para que as coisas não caminhem e nisso estão incluídas dúvidas sobre o trabalho; será que isso é mesmo sério, devo continuar ou desistir?

    Durante essas crises havia um chamado para ir para uma comunidade - e isso me vinha como uma moção e então eu abria minha agenda onde há muitos telefones de videntes e confidentes brasileiros que estão espalhadas por este Brasil e planejava ir a uma delas. Mas por circunstâncias pensei em alguma coisa mais perto de Campinas onde moro, e foi então que eu prometi ao Senhor, que iria assim que ficasse boa, iria a uma comunidade, esses chamados refúgios ou arcas para os últimos tempos.

    A mais próxima foi justamente uma de Ribeirão Preto, onde vive uma confidente de Jesus, Maria, São José, o Menino Jesus: a Silvia Maria Palma, que recebe instruções sobre o que Jesus chama de O Grande Projeto de Amor do Pai, que começou, segundo Ele, com o sim de Maria, e vai terminar com a sua Segunda Vinda. Mais precisamente estive lá, dos dias 6 a 14 de novembro de 2002, na -  chamada por Jesus - Carpintaria de São José, que é a Arca - Mãe, e de onde, segundo a confidente, vão sair as instruções para a construção das outras arcas no Brasil, que será o país que vai abrigar pessoas do mundo inteiro, e que é a terra escolhida, a Terra de Santa Cruz. Lá diante da Cruz Gloriosa de 7,38 metros, rezei e fiz penitência com o pessoal lá residente e mais os que chegam para rezar e vivi grandes transformações, grandes libertações.

      E agora aqui vai o meu testemunho: estar diante dessa Cruz, rezar perto dela, é uma graça impressionante já que ela tem o dom de fazer que vejamos os nossos pecados, mesmo os já confessados, nos arrepender deles, e nos sentirmos perdoados e ainda, ter uma visão do que é preciso fazer para salvar almas, enfim a urgência da oração cada vez mais intensa.

     Assim, eu que já rezava bastante, digamos, um rosário por dia, o terço da Misericórdia e outros terços, missas e como sou intercessora, rezo muito por pessoas que me pedem, muitas que nem conheço, quando cheguei de Ribeirão Preto, comecei a rezar de tres a quatro horas por dia e comecei a viver um período de grande paz, como há muitos anos eu não vivia. E voltei a ter estímulo para voltar a escrever este livro que são avisos urgentes de Jesus e Maria para a humanidade. Foi quando comecei a reler os sete volumes do livro Testemunhas da Cruz para fazer este capítulo sobre a J.N.S.R.

 

Uma borboleta

na minha cama

 

      Pois, eis que, no dia 4 de janeiro de 2003 , eu fiquei um bom tempo sentada na cama do meu quarto-escritório rezando. Saí para tomar um banho, o que não durou quinze minutos. Quando voltei para o quarto, vi em cima da minha cama uma linda borboleta com vários tons de marrom e ferrugem.  Enquanto eu me trocava pensava no que isso significava. Refletindo que ela havia sido uma larva que havia se transformado em borboleta, comecei a pensar se era isso que Jesus queria de mim: que eu voasse, saísse do estado larvar, e me transformasse numa borboleta. Aliás, era isso que ele queria de todos nós?

    E chamei meu sobrinho de quatro anos na  época que aqui estava passando uns dias em casa, que se chama Enzo - aliás, o nome de um vidente-Enzo Alocci, agricultor de 35 anos, para quem Nossa Senhora apareceu em 1966, em Porto Santo Stefano na Toscana, Itália, sob a denominação de Rainha do Mundo (a história inteira estará relatada no livro sobre as Aparições da Virgem Maria). Mas vamos ao diálogo.

 

    Eu: Enzo vem ver uma borboleta na minha cama? Como será que ela entrou aqui?

    Ele: Ana, mas é uma borboleta, como ela entrou aqui?

    Eu: Não sei, é o que estou te perguntando. Como ela entrou... eu estava agora mesmo  aqui, aliás sentada onde ela está. Foi enquanto eu fui tomar banho...

    Ele: Sabe que ela era uma larva que virou borboleta?

    Eu: Sei, era justamente sobre isso que eu estava pensando. (Lógico que não disse o resto, porque afinal uma criança não entenderia).

    Ele: Você sabe que todas as larvas viram borboletas?

    Eu: Sei. E você, gostaria de ser uma larva, e virar uma borboleta?

    Ele: Não, só as larvas viram borboletas. É a fantasia delas.

 

    Bom, pensei bem estarrecida com o acontecimento, é isso é o que ele deve ouvir das professoras da escola, porque na verdade não é fantasia: é a realidade das larvas, virarem borboletas.  Pois vejam o que aconteceu na sequência.

    No dia 7 de janeiro de 2003, voltei a escrever, já me preparando para escolher uma mensagem do quarto volume quando, antes de colocar o terceiro em cima da pilha de livros, o abri ao acaso, e bati o olho na seguinte trecho de frase, na página 205: “Será tão maravilhoso que poderás contemplar aquilo que tu mesma chamas a metamorfose das coisas que mudam como a lagarta, que se transforma em borboleta”. Para ser mais exata, meus olhos bateram nessas últimas palavras: “como a lagarta que se transforma em borboleta.”.

   Muito impressionada, entendi a mensagem da borboleta na minha cama e resolvi citar esta mensagem na íntegra, para comprovar que Deus fala através dos acontecimentos, e que Ele estava me dando um sinal para confirmar meu trabalho, que tudo era válido, que era verdadeiro e que eu estava no caminho certo, já que não posso contar com a orientação de nenhum sacerdote, ninguém.  E mais, a mensagem fala de coisas íntimas minhas, como, aliás, da J. N. S. R. que também não tem o apoio dos filhos e tem muitos momentos de dúvida. Aqui vai, portanto a mensagem que tem por título “Vós Sois os Meus Pescadores de Homens”, do dia 15 de março de 1994, do terceiro volume, págs. 204 a 208. Para provar que Jesus está comigo, eu não estou escrevendo sozinha, aliás, Ele está sempre com quem trabalha pela Sua Causa, apesar de tudo dizer o contrário. Ou seja, tudo faz parte do projeto do maligno para fazer com que a gente desanime e desista de divulgar as mensagens, desista de continuar a pescar almas para Deus.

 

Borboletas de

 Amor Divino

 

    J.N.S.R. - Senhor, eis que estou à porta do vosso Coração e bato.”

    JESUS - E eis que eu venho que abro de par em par o Meu Sagrado Coração, para te ouvir oferecer-Me todos os que Me fazem sofrer tanto. Sim, minha filha, são muitos os que se recusam vir a Mim, sobretudo os que o fazem com todo o conhecimento; abandonaram-Me, para seguir uma via diferente da Minha que os conduz justamente onde o Mal os espera. Pobres filhinhos desgarrados, que se refugiam na própria cilada que o Maligno lhes arma.

  Oh! Sim. Quanto desejo responder àquilo que tu própria Minha filha tens no teu coração. Estás disposta a tudo Me oferecer, para a Salvação daqueles que amas e que tanto me fazem sofrer. Eu te o digo: Eles não estão perdidos, porque eu próprio os cubro com a Minha Sombra e os protejo, apesar do seu desvario; é que eles estão no teu Amor, aquele que Me ofereces Minha filha e Deus não pode abandoná-los, mesmo que eles se afastem hoje, porque o coração que bate à minha Porta obtém sempre a mesma resposta benevolente.

   Tu sabes que Deus não abandona ninguém, mesmo aqueles que hoje se mantêm insensíveis ao Seu grande Amor porque, um dia já próximo Eu Mesmo farei arder todos estes corações frios; neste Dia o Meu Sagrado Coração comunicará tanta força, tanto ardor de Amor, que mesmo os corações de pedra se derreterão como a neve ao sol.

    Será tão maravilhoso que poderás contemplar aquilo que tu mesma chamas a metamorfose das coisas que mudam como a lagarta que se transforma em borboleta. Sim, tu verás, vereis todos, todas essas lagartas que atualmente se encontram num estado de sonolência, prestes a fechar-se para sempre no mortal casulo dos doentios prazeres desta terra, prestes a rejeitar a Vida que Eu lhes dou, prestes a adormecer na morte eterna, porque essas Almas estão tão frias que preferem todas essas coisas proibidas a ponto de Me esquecer para sempre.  A sua escolha é perigosa: seguem o Maligno e desprezam Deus. São muitas hoje, as Almas que se entregam àquele que é o Mestre do Mal e que possui um verdadeiro poder de atração para Me tirar as Minhas Almas queridas. Sim, é o Meu pérfido inimigo, na medida em que é a Mim que ele visa. O Meu Sagrado Coração sofre por vê-lo hoje ainda vitorioso, abusando da santa liberdade que dou à minhas almas a meus filhos queridos da Minha Santa Cruz e de Meu Sagrado Coração. Rezai, rezai, rezai, para que a sua aparente vitória não passe de uma derrota e para que todas essas almas perdidas despertem a tempo e regressem a Mim; que as lagartas passem a ser borboletas de Amor divino.”

 

Vós Sois Os Meus

Pescadores de Homens

 

     “Eu vos dou a cada um, uma rede de malhas muito cerradas e dirijo-vos precisamente para onde podereis ainda pescar essas Almas. Atenção filhos, a água justamente onde vos envio, está turva e profundíssima. Mas Eu estou convosco. Eu sigo a vossa embarcação. Eu Mesmo vos levo. Eu sou o Vosso Guia. O vento é o Meu sopro que vos leva precisamente onde tereis de lançar as vossas redes. É lá que estão os meus pobres peixinhos, prisioneiros, prestes a afogar-se nas  turvíssimas águas , de onde jamais Me poderão ver, prestes a descer a essas águas profundas e negras, de onde jamais poderão sair. Por conseguinte, Meus filhinhos, sois vós os Meus apóstolos, sois vós os Meus discípulos- Pescadores de homens. Lançai as vossas redes e puxai para vós esses pobres infelizes, esses peixes vagabundos, esses pobres inocentes porque mal informados: não sabem o que fazem... Puxai com força! Porei tanto Amor em vós que virão a vós aos milhares. Oh! Sim: esta pesca miraculosa fa-la-emos nós, juntos.

     Minha filha querida pega no teu terço, desfia as cento e cinqüenta e tres Ave Marias e verás todas às vezes, esse mesmo número, essa mesma quantidade de Almas salvas do fundo dessas águas turvas, do fundo desses buracos sem fundo, porque nós mesmos as voltaremos a pescar antes que caiam no nada. Ó Minha pequena, continua a rezar assim: faz rezar os que te escutam, os que irão Me escutar, porque sou Eu, vosso Deus, que te falo para todos, para todos esses Meus filhos de coração puro que verão, como tu, essa Pesca Miraculosa. É que vós ireis todos, assistir a esse Milagre! Sim, meus filhos queridos, os cento e cinqüenta e tres (o editor lembra que isso nos remete aos cento e cinqüenta e tres grandes peixes na célebre pesca miraculosa do mar de Tiberíades, que São João nos relata no capítulo 21 do seu Evangelho) irão voltar a subir do fundo das águas turvas e profundas, todas as vezes que recitardes o Santo Rosário, eles serão salvos, com a Minha Santa Mãe eu vo-los darei.

    Ela deseja como Eu. Eles irão passar por vós, para regressar a Mim curados, porque essa mesma Santa Graça dei, Eu próprio, à Minha Santa Mãe e Vossa Mãe querida. E dei porque os tempos estão demasiado inclinados para o Mal.

   Por conseguinte Deus dá, àqueles que rezarem com Amor as cento e cinqüenta e tres Ave Marias, todos os dias, a graça de passarem a ser pescadores de homens para JESUS E MARIA, a fim de encher o céu e esvaziar o Pré-Inferno. Com efeito, JESUS E MARIA enviam-vos às portas do Inferno. Lá mesmo a vossa rede puxará para vós as almas justamente no limite do não regresso a Deus.

   Sim, é lá que Eu vos levo, é para lá que eu vos guio, como é para lá que eu passo a ser a vossa barca, o vosso guia. Lançai as vossas redes!

  Ide, Meus filhos, Coragem! Rezai, rezai, rezai sem desanimar. Bem depressa sabereis quantas almas salvamos, e juntos contaremos os frutos dessa Pesca Miraculosa.

O MEU SAGRADO CORAÇÃO

TRANSBORDA DE MISERICÓRDIA

Eu sou o Senhor que comando todos os elementos

vinde a Mim, vós que Me amais, vós que Me servis,

 ajudando os vossos irmãos com as vossas Orações

Avançareis ao encontro do vosso Deus,

caminhando por sobre as ondas encapeladas

porque eu mandarei

ao Mar dos homens em fúria

 que se acalme

 “Paz a todos vós”.

ordena o vosso Deus

  E a tempestade que se desencadeou e que se desenvolveu no coração dos homens, converter-se-á numa brisa ligeira e benéfica. Ordenarei aos ventos da loucura, refugiados no coração desses homens que se afaste para sempre.

O Espírito Santo inundará todos os espíritos

Todos os corações se voltarão para Deus

Santo, Santo, Santo é o Senhor que manda,

tanto no Céu como na Terra,

 em todas as coisas visíveis e invisíveis.

Santo é o Seu Nome.

JESUS, Salvador dos Homens.

Amém.

 

 

 

 

 

Para saber mais 

http://www.endtimes.qc.ca/

http://www.edicoesboanova.com/site/php/livros.php

http://cruzdedozule.com.br/sobre.html

 

https://pt.wikipedia.org/wiki/Sebastiano_Ricci

 

https://pt.wikipedia.org/wiki/Detroit_Institute_of_Arts

 

 

 


postado em Revelações

Veja outros textos do Autor

As Últimas Revelações Jesus e Maria para a humanidade

Nos domínios da mística

Igreja não revela a tempo os segredos de Fátima

O Terceiro segredo de Fátima

La Salette anuncia Fátima

As aparições de Medjugorje confirmam Fátima

A Virgem aparece em Medjugorje

Os Segredos revelados em Medjugorje

Aparições revelam mundo invisível

Capitulo 10 - Revelações do século XX

As primeiras dez aparições de Jesus à Madalena Aumont em Dozulé, na França

Jesus revela o plano de Deus para o mundo

Ele anuncia nova evangelização e pede a construção da cruz

Jesus fala da água da purificação

Jesus confia à Madalena a missão de evangelizar pela mensagem

Do coração de Jesus saem raios vermelhos e brancos

Quadragésima Primeira Aparição

Discernindo as aparições de Dozulé

Testemunhas da Cruz confirmam as aparições a Madalena Aumont

O Meu Coração vos fala em todo o mundo

Profetas são fachos no meio das trevas do mundo

ERRO